Foco é tudo!… Mas, onde está o seu foco?

Hoje eu quero conversar com você sobre foco! Sim, foco! Onde está o seu foco? Eu acredito que foco represente ao menos 50% das possibilidades de sucesso e de realização pessoal e profissional. E você?

Olá! Tudo bem com você?

Eu sou a Leila, Professora, Empreendedora e Instrutora Udemy. Todas as terças-feiras eu passo por aqui para conversar com você sobre ela, a Vida de Instrutor Udemy, com tadas as suas delícias e amarguras

  • Para conhecer uma pouco mais sobre meu trabalho e minha trajetória, basta clicar AQUI.

Hoje eu quero conversar com você sobre foco! Sim, foco! Onde está o seu foco? Eu acredito que foco represente ao menos 50% das possibilidades de sucesso e de realização pessoal e profissional. E você?

Onde está o seu foco?

Bom, parece ter virado lugar comum falar em foco, delimitar metas claras, planejar, agir e eliminar a procrastinação (palavrinha bonita que entrou definitivamente na moda quando o assunto é empreendedorismo e/ou desenvolvimento pessoal).

Mas, o que significa ter foco?

No artigo, Foco para crescer, publicado no site da Endeavor-Brasil, Colin Butterfield começa seu artigo com a seguinte questão:

Imagine que você é o capitão de um avião em turbulência… será que seu foco deve ser acudir o passageiro que passa mal?

Se nós trouxermos este exemplo bem prático para nossa vida de instrutores de cursos online e portanto, empreendedores digitais, podemos também tentar verificar onde está nosso foco.

Imagine que você está se preparando para lançar seu curso sobre “marketing digital  … será que seu foco deve ser ajudar outras pessoas a criarem cartões de visita impressos?

Bom, talvez o meu exemplo seja um pouco tosco para você, mas o que eu quero dizer, é: tenha foco e seja coerente nas suas escolhas!

Essa semana eu participei do curso (gratuito, clique AQUI para saber mais sobre o curso) da Nanda Ricci que é Life Coach e onde apresenta em forma de bate-papo, sua visão de autogestão para o sucesso. No curso ela aborda coisas simples do nosso cotidiano (que acontecem diariamente com todos nós) e dá dicas importante para que nos livremos das distrações e nos concentremos no nosso trabalho!

No meu blog, no post  como administrar seus tempo e ser mais produtivo  eu dou dicas para quem quer se organizar melhor trabalhando em casa.

Mas, este não é exatamente o que eu quero conversar com você hoje! O que eu quero, é quero que você entenda que para ir mais longe, para alcançar o sucesso que você tanto almeja (e quem não, certo?) é preciso que você se concentre em realizar suas metas, se concentre em um tema de conhecimento e que aprenda a se comunicar comunicar com seu público para que ele entenda o que você faz, o que você pode e não pode fazer por ele.

Bom, eu não estou dizendo que você deve desistir dos seus mais variados projetos e muito menos perder a cursiosidade nem o senso de oportunidade. Mas, você não pode “atirar para todos os lados” se quiser acertar no alvo!

E por que eu estou falando sobre isso?

Porque, quanto mais expostos nós estamos (mídias sociais, blog, plataformas EaD) mais somos vistos, indagados, solicitados. Eu mesma recebo dezenas de e-mails pedindo orientação, conselho, “um skype” para falar sobre o projeto X ou Y e com você não deve ser diferente.

Minha postura é de não cortar todas as possiblidades de trabalho em conjunto mas, quem não sabe me dizer o que quer de mim nem como eu posso ajudar, não ganha meu contato no skype de jeito nenhum! É claro que todos queremos colaborar, que todos queremos ir para frente, e é claro que ajudar alguém faz com que nós mesmos nos sintamos melhores.

Sim, mas até onde este “querer ajudar” é saudável?

Quando estamos no avião nos preparando para a decolagem, recebemos as instruções de segurança e uma delas é: quando a máscara de ar cair, ajuste a SUA PRIMEIRO e depois ajude os outros passageiros.

Parece óbvio, não? Quanto mais tempo você respirar, mais pessoas poderá ajudar!

Se isso nos parece óbvio nessa situação de perigo, por que insistimos em colocar as vontades, necessidades do outro no nosso dia a dia?

Pode parecer um tanto quanto egoista para você, mas se você não estiver saudável, bem alimentado, descansado e todo o mais, não poderá de dedicar ao seu trabalho corretamente, ter tempo para sua família, seus amigos, seus estudos, seus hobbys.

Nos negócios não é diferente!

É claro que todo empreender tem uma tendência a exagerar na quantidade de trabalho e que o desejo de fazer mais e melhor é constante. Isso é normal! Isso é paixão pelo que se faz.

Contudo, você deve escolher o que você quer fazer, sobre o que você quer falar, quem você quer atrair para seu negócio. Caso contrário, você vai começar a “atirar para todos os lados” e provavelmente, não vai acertar o alvo!

Foco e coerência para ir mais longe!

Ter foco é a capacidade de se concentrar na execução de uma tarefa, no desenvolvimento de um projeto, na realização de metas. Por exemplo: publicar seu curso online, aumentar o número de alunos matriculados, melhorar o engajamento dos alunos, etc.

Ser coerente é manter uma linha de pensamento e, no caso de um empreendedor digital,  de criação de conteúdo (cursos, posts para seu blog, material de divulgação, posts nas redes sociais).

E, focar, concentrar suas energias, na realização de 1 projeto de cada vez, vai ajudar você a ser também mais coerênte nas suas ações.

Se voltarmos ao exemplo do curso sobre Marketing Digital: sendo coerente com o assunto/tema a ser tratado, você deve falar sobre ele em todos os canais de comunicação possíveis: no seu blog, com seus seguidores na redes sociais, com outros profissionais da área, nos grupos do facebook e assim por diante.

Se você quiser manter o foco (Marketing Digital), então você vai dizer não a qualquer projeto que não esteja ligado a este setor, ok?

É claro que você não precisa (e nem deve!) ficar fixado em somente uma área de conhecimento, somente um negócio, somente um caminho em linha reta. Não! Você vai poder desenvolver muitos projetos ao longo da sua vida… mas, dê a cada projeto a importância que ele merece: desenvolva-o do início ao fim, e quando tiver criado “asas” então,  você poderá se concentrar no seu próximo projeto.

A vida é muito curta para fazer mil coisas coisas ao mesmo tempo sem aproveitar de nenhuma delas completamente. Além do que, você já viu alguma dessas pessoas que querem “abraçar o mundo” fazendo mil coisas ao mesmo tempo conseguindo alcançar suas metas?

Eu não…

Ahh achei este teste bem interessante para quem quiser medir sua capacidade de atenção:

E então, onde está o seu foco?

Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas experiências!

About the Author

Leila Adriano Ostoyke é Professora, Empreendedora Digital e Instrutora Udemy.

Leave a Reply 0 comments

Leave a Reply: